Vistos

Portugal cria visto de residência exclusivo para empreendedores de startups

Vistos de residência para Portugal!

Amigos, tudo bem? Portugal não para de criar incentivos para atrair mais e mais empreendedores e profissionais qualificados em tecnologia. Em resumo: mais dinheiro para a economia.

O país europeu quer, agora, pessoas que possam desenvolver empresas inovadoras e que criem produtos e serviços que realmente vão interferir na vida das pessoas (para o bem, é claro).

Imagine algo do nível do Uber, Tinder, Waze, Airbnb e coisas do gênero. Ou algum aplicativo para pedir comida, chamar um táxi etc. Mas não precisa ser um case megablaster de sucesso mundial como esses aí, mas o novo visto prevê algum negócio que consiga gerar em torno de 325.000 euros/ano depois de três anos de incubadora.

Startup Visa: o novo visto para Portugal!

Então, se você tem uma boa ideia na cabeça, planeja criar uma startup e pensa em morar no exterior, essa é a sua chance!

O Governo português anunciou durante a Web Summit, um super evento de tecnologia que começou segunda-feira em Lisboa, que criou mais uma categoria de visto para esse tipo de empreendedor. Chama-se “Startup Visa”. É o 15o. tipo de visto para quem quer pedir residência em Portugal.

Além dos 14 vistos convencionais, há ainda o Golden Visa, que é para investidores – ou seja, para quem tem dinheiro para colocar em Portugal, normalmente na compra de imóveis a partir de 350.000 euros.

O novo visto, exclusivo para empreendedores de empresas inovadoras, poderá ser pleiteado a partir do início de 2018.

Vistos de residência para Portugal

Vistos de longa duração (mais de um ano):

D1 – Visto de Residência para Exercício de Atividade profissional Subordinada (visto para trabalho)

D2 – Visto de Residência para Exercício de Atividade profissional Independente e para Imigrantes Empreendedores;

D3 – Visto de Residência para Atividade de Investigação ou Altamente Qualificada

D4 – Visto de Residência para Estudo, Intercâmbio de Estudantes, Estágio Profissional ou Voluntariado;

D5 – Visto de Residência no Âmbito da Mobilidade dos Estudantes do Ensino Superior

D6 – Visto de Residência para Efeitos de Reagrupamento Familiar

D7 – Visto de Residência para Aposentados e Pessoas com Rendimentos.

Vistos de curta duração (para um ano ou menos)

E1 – Visto de Estada Temporária para Tratamento Médico

E2 – Visto de Estada Temporária para Transferência de Cidadãos nacionais /OMC (prestação de serviços ou formação profissional)

E3 – Visto de Estada Temporária para exercício de Atividade profissional subordinada ou independente temporária

E4 – Visto de Estada temporária para exercício de Atividade de Investigação ou Altamente Qualificada

E5 – Visto de Estada Temporária para o exercício de Atividade Desportiva Amadora

E6 – Visto de Estada temporária para cumprimento de compromissos internacionais e estudo

E7 – Visto de estada Temporária para Acompanhamento de Familiar em tratamento.

Startup Visa – A partir de janeiro de 2018

  + Outros tipos de vistos

Conheça o Golden Visa, autorização de residência temporária para investidores em Portugal.

Se você ainda tinha dúvidas em se mudar do Brasil, mais uma bela oportunidade para se mandar para Portugal!

Valeu, amigos! Boa sorte com o seu Startup Visa! E boa sorte com os negócios do outro lado do Atlântico!

Fonte: Flávio Martins Peron, da Martins & Oliveira Sociedade de Advogados

Comente!